Leitura #7 – Outubro

Teoria

Hoje, todos os trabalhadores conscientes do mundo celebram o nascimento de Lénine há exactamente 150 anos. E nele, celebram a Revolução de Outubro, a construção do primeiro Estado dos trabalhadores, o momento em que a Humanidade entrou na época em que vivemos, a da transição do
capitalismo para o socialismo.

O conjunto de textos de Lénine entre Abril e Novembro de 1917 é o mais vivo mosaico da luta de classes na Rússia que criou as condições para a Revolução Socialista, com a extraordinária vantagem de serem escritos de dentro do processo, por quem o vive e o influencia, pelo marxista que tenta compreender e fazer compreender a realidade, mas essencialmente, transformá-la.

Sobre os Compromissos, Setembro 1917:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/t25t083.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1917/09/16.htm) em HTML

A Crise Amadureceu, SEtembro 1917:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/t26t008.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1917/09/29-1.htm) em HTML

Uma das Questões Fundamentais da Revolução, Setembro 1917:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/t25t086.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1917/09/27.htm) em HTML

II Congresso dos Sovietes, Outubro 1917:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/T26T027.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1917/10/26.htm) em HTML

* Autor Convidado
Manuel Gouveia

1 Comment

  • Nunes

    25/04/2020 às 21:57

    Para quem queira ler ou seguir:

    https://archive.org/details/lininandtherussi035179mbp/page/n8/mode/2up

    Alguns excertos deste livro:

    «Lenin once said to Gorky, after enjoying a Beethoven Sonata: 'But I can't listen to music too often. It affects your nerves, makes you want to say stupid, nice things, and stroke the heads of people who could create such beauty while living in this vile hell. And now you mustn't stroke anyone's head – you might get your hand bitten off. You have to hit them on the head, without any mercy, although our ideal is not to use force against anyone. H'm, h'm, our duty is infernally hard.»

    «One of the few non-political occasions on which Lenin is recorded to have lost his temper was with a father who said it did a healthy child no harm to get tired. Lenin, who had got off his bicycle to help the child up a steep hill, said furiously, 'People like you should not be allowed to have children at all.'»

    Boa leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *