Outra vez as FP-25

Este texto não tem “mas”, não relativiza o sofrimento das vítimas e dos seus familiares, não reconhece legitimidade à acção armada de um grupo clandestino actuando em Portugal nos anos 80 nem justifica tudo aquilo que no contexto da sua acção militar não tem justificação.

Ler mais

Já está no ar a Cassete Pirata #4

Cassete Pirata #4 – A epidemia e os direitos

O quarto episódio do podcast do Manifesto74 tem como tema central na rubrica Lado A, a epidemia e os direitos económicos, políticos, culturais e sociais. Na rubrica Megafone o destaque para as lutas dos estudantes, a luta na Amazon, as comemorações do 25 de Abril e do 1º de Maio. A fechar o podcast a rubrica Rewind com comentários sobre a justiça e o caso Sócrates, o anúncio da Super Liga e o futebol negócio, a tecnologia ao serviço da exploração.

Ler mais

Imbecis, manipuladores e sem vergonha

O Bloco de Esquerda, através do seu portal esquerda.net, divulgou uma carta de “autores e intelectuais” sírios e não só, intitulada “O Anti-imperialismo dos Imbecis”, que acusa jornalistas independentes de o serem. Imbecis e anti-imperialistas. O que parecia, finalmente, um exercício de autocrítica, é, afinal, um mergulho no lodo em que se move. Que a posição política internacional do BE varia de acordo com o vento, não é surpresa. Os líbios e sírios sentem-no na pele, todos os dias, desde há muitos anos. Ainda recentemente, no Parlamento Europeu, os eurodeputados bloquistas se abstiveram numa emenda, apresentada, entre outros, por Sandra Pereira, da CDU, que visava o levantamento das sanções à Síria. Marisa Matias e José Gusmão não têm posição sobre se um povo deve ou não viver sob sanções económicas.

Ler mais

E se a Eurosondagem tivesse vergonha?

A cadela do fascismo está sempre no cio e o chefe da Eurosondagem anuncia que tem um novo patrocinador (o Grupo Libertas, da especulação imobiliária) no mesmo “estudo” (as aspas são mesmo dele) em que especula (com a nossa inteligência, não com a habitação) como (preparem-se) “seria o voto nas autárquicas se fosse igual às presidenciais”. Uma brincadeira a que o Nascer do Sol tem o despudor de apelidar de “projecção” e “sondagem”.

Ler mais

Já está no ar a Cassete Pirata #3

Cassete Pirata #3 – O Centenário do PCP

O Terceiro episódio do podcast do Manifesto74 tem como tema central as comemorações dos 100 anos do Partido Comunista Português. Na rubrica Megafone o destaque para as lutas dos trabalhadores da Groundforce, o 8 de Março (Dia Internacional da Mulher) e as lutas dos trabalhadores da Administração Pública. A fechar o podcast a rubrica Rewind com comentários sobre notícias e publicações na imprensa e redes sociais.

Ler mais

Uma UE a brincar com a saúde dos cidadãos

Toda a estratégia de aquisição centralizada das vacinas foi, como já todos percebemos, um autêntico desastre. Em face das críticas públicas de alguns chefes de estado, a própria comissão não teve como não assumir publicamente algumas das falhas. A extrema lentidão da Agência Europeia do Medicamento no que toca à aprovação/autorização de vacinas, facto que alguns tomaram de forma falaciosa por «precaução» e «exigência» da autoridade, parece ter sido afinal uma mistura de burocratismo com «contemporização política». No meio disto tudo, como sempre, houve os que saíram a perder e os que saíram a ganhar. Entre a população e as farmacêuticas, entre fomentar um serviço e alimentar o sistema, a estratégia da UE assentou no lado em que sempre esteve e que corresponde à sua natureza federalista e capitalista. Estranho seria que a UE montasse uma estratégia desinteressada de franco serviço público, e isso, como se vê, nem debaixo da realidade trágica de uma pandemia.

Ler mais