Leitura #4 – A I Guerra Mundial

Teoria

Desde muito antes da Guerra que a Internacional alertava para a inevitável confrontação inter-imperialista que se avizinhava, e para o carácter dessa guerra. Com o eclodir da Guerra, a Internacional vai dividir-se, entre uma enorme maioria de Partidos que abandonam as posições de classe e se passam a várias formas de chauvinismo, e aqueles que, como Lénine, se mantém em posições Internacionalistas. Desta ruptura, consolidada posteriormente pela abordagem à revolução soviética e à ditadura do proletariado, nascerá a III Internacional, a Internacional Comunista.

Lénine defendeu para esta Guerra a palavra de ordem do «proletariado virar as armas contra a sua própria burguesia», e defendeu-a mesmo sobre a brutal pressão propagandística que acompanha o deflagrar de qualquer guerra, com a burguesia a inflamar justos sentimentos patrióticos até ao chauvinismo. Na Rússia, apesar das dificuldades iniciais, que inclusive custaram a vida a muitos combatentes bolcheviques, a palavra de ordem vai sendo cada vez mais escutada, face à realidade brutal da guerra, ao massacre de milhões de operários e camponeses, à fome e a miséria do povo em geral, à progressiva compreensão dos verdadeiros objectivos das classes dominantes.

Ler «A Guerra e a Social-Democracia da Rússia» de 1914:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/T21T003.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1914/09/28.htm) em HTML

Ler «O Oportunismo e a Falência da II Internacional» de 1916:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/lenine_oportunismo2internacional.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1916/01/falencia.htm) em HTML

Ler «O Imperialismo e a Cisão do Socialismo», 1916:
(http://dorl.pcp.pt/images/classicos/T23T008.pdf) em PDF
(https://www.marxists.org/portugues/lenin/1916/10/imperialismo.htm) em HTML

*Autor Convidado
Manuel Gouveia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *